Dicas

Este espaço reservarmos para profissionais selecionados com muito carinho pela Escola Primeiro Passo nas seguintes áreas: Psicologia, Pediatria, Odontologia, Pedagogia e Fonoaudiologia.
Dicas saborosas e nutritivas ficaram a cargo do Engenheiro Agronônomo e da Nutricionista (responsáveis pela Horta Orgânica e cardápio da nossa Escola).
São informações que têm como objetivo esclarecer pequenas dúvidas comuns na fase de desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos.

Segunda-Feira dia 01/02/2016 às 09h04

Tirar as fraldas: a hora chegou?

Por volta dos 2 anos, muitos pais começam a se questionar se chegou a tão esperada hora de retirar as fraldas da criança. Diferente do que muitos pensam, essa fase tão importante não está diretamente ligada a idade cronológica da criança. O controle dos esfíncteres (ou, na linguagem popular, o controle da urina e das fezes) tem a ver com sua maturidade emocional, e não é um aspecto apenas cognitivo, não é algo que possa ser aprendido. Cada um passará pelo processo no seu tempo, não no tempo do outro. Embora seja um processo muito singular para cada criança, deve-se ficar atentos a alguns sinais: – Observar se a criança já se incomoda com o uso da fralda. Para ser desfraldada, deve se incomodar em ficar “suja”. – Verificar se, de alguma forma, comunica a vontade de evacuar ou urinar. Caso não comunique antes, também é válido a comunicação feita logo após ter feito na fralda. -Apresenta interesse pelos hábitos de higiene. – Já anda com firmeza. – Fraldas mantidas “secas” por intervalos maiores de tempo. Acha que chegou a hora? Após confirmar esses sinais indicativos, como começar? – Para começar, qualquer decisão tomada deve sempre ser verbalizada para a criança. Sim, elas entendem! Se é um processo onde o pequeno é o protagonista, nada mais justo do que ser informada do que acontecerá e como será feito! -Inicie o processo em penico, pois estar com os pés apoiados transmite maior segurança. Após utilizá-lo por algumas semanas e perceber que a criança já está mais segura, passar para o vaso sanitário com o uso do redutor. – No início do processo, levar, em média, a cada vinte minutos ao banheiro. Evitar a pressão para que a criança consiga. Para isso, interessante sempre levar um livro, contar histórias os cantar música para que tudo ocorra de forma natural. É comum nessa fase a criança fazer “jogos” com a mãe (ou cuidador), segurando ou soltando fezes para agradar ou desagradar a mãe. Evacuar ou reter fezes tornam-se meios importantes de liberação de impulsos agressivos. Lembre-se que é um processo que exige muito da criança! Acontecerá no tempo delas, e tentar antecipar, só torna o processo doloroso e, muitas vezes, traumático. Portanto, tenha calma… Alguns livros infantis com o tema: - O que tem dentro da sua fralda? Autor: Guido Van Genechten Editora: Brinque Book - Cocô no trono Autor: Benoit Charlat. Editora: Companhia das Letrinhas. - O que é que se faz com um penico? Autor: Marianne Borgardt Editora: Salamandra. E você, conhece mais algum livro sobre o assunto?

Educar é ensinar o caminho




Unidade Tamboré

Alameda África 144, Tamboré - S. de Parnaíba - São Paulo - Tel. 55 11 4152-4871 e 55 11 4152-4872

Unidade São Paulo

Rua Afonso de Freitas 687 - Paraíso - São Paulo - Tel. 55 11 3885-3900 e 55 11 3885-0157